Gatos

Há um deus único e secreto
em cada gato inconcreto
governando um mundo efémero
onde estamos de passagem

Um deus que nos hospeda
nos seus vastos aposentos
de nervos, ausências, pressentimentos,
e de longe nos observa

Somos intrusos, bárbaros amigáveis,
e compassivo o deus
permite que o sirvamos
e a ilusão de que o tocamos.

Manuel António Pina

 

 

 

 

Sê como um gato,

  segue o teu instinto.

 

 

 

Os gatos acariciam-nos a alma,

com o seu ronronar.

O homem quer ser peixe e pássaro,
a serpente quisera ter asas,
o cachorro é um leão desorientado,
o engenheiro quer ser poeta,
a mosca estuda para andorinha,
o poeta trata de imitar a mosca,
mas o gato
quer ser só gato
e todo gato é gato
do bigode ao rabo,
do pressentimento ao rato vivo,
da noite até seus olhos de ouro.

Pablo Neruda

Adoraria colorir o mundo contigo

Encontras-me aqui

atelier@fernandapapapapel.com

©2021 FernandaPapaPapel|Todos os Direitos Reservados