Eu

“Os meus versos o que são? Devem ser, se os não confundo, pedaços do coração que deixo cá, neste mundo.”

António Aleixo

Eu, Fernanda !

“Sou escultora, autodidacta, nascida em Lisboa, filha de um músico e de uma riquíssima mulher de mil e uma habilidades. Nos meus primeiros meses de vida fui levada, pelos meus pais, para Moçambique, onde vivi a minha primeira década. Durante a estadia neste belo país africano, as viagens eram uma constante, vivi em vários locais, de Norte a Sul. Hábito que continuou no regresso a Portugal, saltitando entre cidades, aldeias e lugares deste belo paraíso à beira mar plantado. E foi esta minha vida nómada, rica numa interessante mistura de experiências e influências, que me ofereceu uma visão mais ampla do que me rodeia. Daqui, veio toda a minha inspiração quando numa situação de desemprego no meu percurso de vida, resolvo seguir a minha grande paixão e tornar o que já era um passatempo num modo de vida.

A minha jornada artística passou por várias fases desde o ensino, passando pelo artesanato, que ainda está muito presente. As figuras que crio não têm uma época especifica, mas têm uma forte influência de tradições portuguesas e uma mistela de cores e formas que também trouxe na minha bagagem do continente Africano. Arrisco assim a caracterizar o meu trabalho de naïf, espelhando nele as minhas vivências. A escolha do papel como matéria prima deve-se à sua diversidade de transformação, reutilização e resistência. A vasta oferta de texturas que conseguimos com este material, a capacidade que tem de se misturar com diferentes materiais é fascinante, é MÁGICO.”

Adoraria colorir o mundo contigo

Encontras-me aqui

atelier@fernandapapapapel.com

©2021 FernandaPapaPapel|Todos os Direitos Reservados